7 pontos turísticos em SP para você conhecer depois dos 60

Você acabou de se aposentar e deseja aproveitar o seu dinheiro e o tempo disponível turistando por aí? Conheça a seguir 7 pontos turísticos em SP para você conhecer depois dos 60:


O Programa Viaja Mais do Ministério do Turismo (extinto em 2015) proporcionou que pessoas acima dos 60 anos viajassem com condições especiais e serviu como estímulo para que várias agências de turismo no Brasil tivessem um novo olhar para o público da melhor idade.


Hoje em dia é possível encontrar várias agências que oferecem pacotes turísticos diferenciados para idosos bem como facilidades exclusivas para o público 60+, como descontos na compra das passagens e facilidade de pagamento. Com tantos benefícios, ficou difícil não arrumar as malas, não é mesmo?


O Brasil tem excelentes lugares para se visitar na terceira idade, e, ao contrário do que se imagina, nem é preciso ir tão longe assim. São Paulo é um desses destinos, que oferece cultura, gastronomia, lazer e muita diversão aos seniores.

Veja a seguir 7 pontos turísticos em SP para você conhecer depois dos 60 e embarque em uma viagem emocionante:


1) Jardim Botânico de São Paulo:


O Jardim Botânico de São Paulo possui mais de 350000m² de área verde. Foto: Governo do Estado de SP

O Jardim Botânico de SP é o lugar ideal para apreciadores da natureza. Com mais de 350000m² de área verde, o parque é um dos mais tranquilos, limpos e organizados de São Paulo.


Para visitar o Jardim Botânico de São Paulo o idoso tem que ter disposição para fazer caminhadas, pois lá não é permitido nenhum meio de transporte, como bicicleta, patinetes, skate ou patins. No entanto, essa restrição é o que torna o parque seguro, pois assim as pessoas podem transitar sem maiores riscos.


Para quem não sabe, o Jardim Botânico de SP fica localizado onde era o antigo Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, que servia para captar águas para o abastecimento do bairro do Ipiranga. Ainda hoje é possível desfrutar de lagos e córregos que fazem qualquer um se esquecer de que está em São Paulo. O parque possui a famosa Trilha da Nascente, um percurso sobre uma passarela totalmente acessível a idosos e pessoas com mobilidade reduzida que leva os visitantes até as nascentes do Riacho do Ipiranga e até o Lago das Ninfeias.


Além das fontes de água, o Jardim Botânico de SP também é o destino ideal para quem gosta de passeios em família, pois dá para fazer um piquenique sob a sombra de uma das mais de 380 espécies de árvores que existem no local.


O Jardim Botânico de SP fica localizado na Av. Miguel Stéfano, 3031 – Água Funda (Zona Sul de São Paulo). O horário de funcionamento do parque vai de terça a domingo e feriados, das 9 às 17 h. No horário de verão o parque fica aberto das 9 às 18 h.


2) Parque da Juventude, São Paulo:



O Parque da Juventude fica localizado onde era o Complexo do Carandiru, na Zona Norte de São Paulo. Foto: Secretaria do Meio Ambiente

O Parque da Juventude fica localizado onde funcionava o complexo penitenciário do Carandiru, na Zona Norte de São Paulo. Desde 2003 o parque oferece várias atrações para públicos de diferentes idades, possuindo duas quadras de tênis, oito quadras poliesportivas, pistas de skate, ciclovia para andar de bicicleta, aparelhos de ginástica, pistas para caminhada e corrida, entre muitas outras opções de entretenimento ao ar livre.


No Parque da Juventude é possível visitar a Biblioteca de São Paulo, um espaço cultural detentor de um acervo de mais de 35 mil obras e o Memorial das Ruínas, sobras da construção dos pavilhões e celas da antiga penitenciária.


Idosos que possuem cães de estimação podem levá-los para passear no Parque da Juventude, pois o parque conta com um Espaço Canino - um local reservado para cães, onde eles podem brincar soltos enquanto os donos descansam em algum quiosque, lanchonete ou restaurante disponível no parque.


O Parque da Juventude é acessível para idosos e pessoas com deficiência: possui sanitários adaptados, vagas especiais no estacionamento, rampas de acesso e uma academia voltada para pessoas com deficiência.


O Parque da Juventude de SP está localizado na Av. Cruzeiro do Sul, 2.630 (ao lado do metrô Carandiru) - Santana – São Paulo – SP. A área verde do parque funciona diariamente das 6h às 18h; a área esportiva funciona todos os dias das 6h às 22h.


Para maiores informações, acesse o site http://www2.ambiente.sp.gov.br/parquedajuventude/ ou entre em contato através do telefone (11) 2089-8600. A administração do parque funciona de segunda a sexta, das 8h às 18h.


3) Parque da Água Branca em São Paulo:



No Parque da Água Branca é possível caminhar entre patos e galinhas. Foto: Secretaria do Meio Ambiente

Um destino turístico gratuito e com cara de fazenda; esse é o Parque da Água Branca em SP, onde os idosos podem caminhar entre patos, galinhas e outros animais que transitam soltos por lá.


Com cerca de 137 mil m², o Parque da Água Branca oferece várias atrações para a família. As crianças podem contar com o parquinho da família, com o espaço da leitura e com o aquário (entrada paga), que encanta os pequenos com várias espécies de peixes. Já os idosos possuem programação exclusiva, como o Baile da Terceira Idade, que anima as tardes de terças, quintas e sábados com música boa e muita dança.

Recentemente o Parque da Água Branca passou por reformas para melhor atender ao público da terceira idade. Agora o local possui banheiros adaptados, bebedouros acessíveis sinalizados por piso tátil e com uma academia para idosos e deficientes físicos.


Nos finais de semana, o Parque da Água Branca promove exposições diversas e as terças, sábados e domingos o local possui uma feira orgânica, ideal para seniores que desejam manter a saúde em dia. O trenzinho de passeio que leva os visitantes pelos pontos turísticos do parque funciona somente aos finais de semana, das 09h às 17h.


O Parque da Água Branca fica localizado na Av. Francisco Matarazzo, 455 = Barra Funda – São Paulo e funciona todos os dias, das 6h às 20h

Maiores informações pelo telefone (11) 3803-4200 ou através do site: http://www2.ambiente.sp.gov.br/parqueaguabranca/


4) Parque da Aclimação, SP:


O Parque da Aclimação possui aparelhos de ginástica para a terceira idade. Foto: spcity

O Parque da Aclimação é outra opção de lazer de São Paulo muito frequentada pelo público 60+. Com 112000 m² de área verde, o parque conta com diversas atrações para todas as idades, como lago natural, playground para crianças, pista de cooper e caminhada com 5 km, área para piquenique e quadras para a prática de esportes, como quadras de vôlei, basquete e campo de futebol. No Parque da Aclimação as bicicletas são proibidas.


Os mais velhos podem se beneficiar do jardim japonês com espelho d’água e aparelhos de ginástica, além das áreas ajardinadas muito bem cuidadas. Além disso, os idosos também podem aproveitar para visitar a Biblioteca Temática de Meio Ambiente (Raull Bopp - SMC) localizada dentro do parque.


O Parque da Aclimação fica na Rua Muniz de Souza, 1.119 – Aclimação e funciona diariamente das 06h às 20h

Maiores informações pelo telefone (11) 3208-4042 ou através do site: https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/parques/regiao_centrooeste/?p=5728


5) Parque Ibirapuera, SP:


Dentro do Parque Ibirapuera está localizado o Museu de Arte Moderna de São Paulo, o MAM. Foto: Pinterest

O Parque do Ibirapuera em São Paulo oferece ao idoso e seu familiares um dia muito agradável. O parque é o mais frequentado pelos moradores de São Paulo e é o mais importante parque urbano da cidade.


Inaugurado em 1954, o Parque do Ibirapuera é o que possui maior número de atrações turísticas a oferecer aos seus visitantes: possui três lagos artificiais interligados que ocupam 1,6 milhões de m2, ciclovia, 13 quadras iluminadas, pistas para corrida e caminhada e áreas reservadas para shows.


Mas nem só de área ao ar livre vive o Ibirapuera. Dentro do parque está localizado o famoso Museu de Arte Moderna de SP (MAM). Além dele, também estão disponíveis no Ibirapuera o pavilhão da Bienal, o Museu do Presépio, o Museu da Aeronáutica e do Folclore, o Monumento às Bandeiras, o Pavilhão Japonês e o Obelisco, um monumento de dedicado aos heróis da Revolução Constitucionalista de 1932. E pessoas mais velhas também podem levar o seu cãozinho para passear, porque no Parque do Ibirapuera em São Paulo eles são bem-vindos!


O Parque do Ibirapuera possui entradas pela Av Pedro Álvares Cabral, Av IV Centenário e pela Av República do Líbano. O Ibirapuera funciona todos os dias, das 5h às 0h.

Maiores informações através do tel (11) 5574–5177 ou pelo site do parque http://www.saopaulo.sp.gov.br/conhecasp/parques-e-reservas-naturais/parque-do-ibirapuera/


6) Águas de Lindóia, São Paulo:


Águas de Lindóia foi pioneira no termalismo no Brasil. Foto: Prefeitura Municipal de Lindóia

Localizada a 160 km de São Paulo, Águas de Lindóia oferece um passeio inesquecível para todas as idades. Águas de Lindóia possui a calmaria das cidades interioranas de São Paulo, repleta de belas paisagens, ar puro, pracinhas acolhedoras e pessoas amigáveis.


Mas são os balneários de águas termais de Águas de Lindóia que atraem visitantes da melhor idade de todos os lugares do país.


Estudos comprovam que as águas termais de Lindóia curam vários males, principalmente os relacionados ao envelhecimento.

Águas de Lindóia foi pioneira no termalismo no Brasil, uma prática que se utiliza das propriedades minerais das águas termais para alívio do estresse e tratamento de doenças comuns da terceira idade, como artrites, hipertensão arterial, reumatismos, varizes, psoríases, ácido úrico, cálculos renais e vários outras.


7) Centro Histórico de Santos em São Paulo:


Solar da Marquesa de Santos. Santos, SP. Foto: Pinterest

A cidade de Santos tem muita história para contar ao público acima dos 60 anos. Foi lá que a Marquesa de Santos (amante de D. Pedro I) morou e o antigo casarão que serviu como sua residência hoje em dia é aberto à visitação pública.


O centro histórico da cidade é bem conservado e possui casarões da época do império no Brasil. O tradicional bondinho leva os turistas até os principais pontos de interesse da cidade. Destaque para o Museu do Pelé.


Mais informações sobre as atrações turísticas da cidade você pode conferir em: http://www.turismosantos.com.br/ptb



E você, já escolheu o seu próximo destino? Conta para a gente!


395 visualizações